Funcionária da Vivo se recusa a mentir

Postado em Atualizado em

#fatoBom é manter o caráter.

Foi o que fez uma funcionária da Vivo no Rio Grande do Sul. Ela teria sido orientada a informar aos consumidores que o sistema pré-pago estava fora do ar, pois a operadora queria focar na venda dos planos pós-pagos.

Foi demitida ao recusar-se a mentir aos clientes e ainda acabou sendo alvo de chacota e xingamento dos colegas de trabalho. Segundo o TRT a Vivo cometeu assédio moral ao violar a liberdade de consciência da funcionária.

O tribunal definiu R$ 50 mil reais de indenização por danos morais.

Fonte: Folha de S.Paulo

Escolher o caminho da verdade é #fatoBom

 

Um comentário em “Funcionária da Vivo se recusa a mentir

    Mollicone disse:
    agosto 2, 2014 às 5:41 pm

    Estou com um processo de migração de quase 30 dias com a Oi, uma situação absurda que muitos de nós passamos. A calma foi mantida e a situação atenuada pelo atendimento exemplar de uma funcionária da loja. Encontrar uma pessoa com boa vontade e caráter foi #fatoBom.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s