O amor está vencendo a intolerância.

Postado em Atualizado em

image

Se você é religioso e acredita que os gays não devem formar famílias,  peço-lhe a caridade de ler este texto e de assistir a este vídeo. Se mesmo depois continuar acreditando nisso, saiba que respeito-lhe e peço-lhe desculpas se este texto lhe ofendeu.

Primeiro gostaria de dizer que todas as religiões, filosofias e parte das leis nos ensinam que todos somos iguais. Somos todos irmãos no mesmo barco, na nossa casa: o planeta terra. Todos merecem o mesmo respeito e amor. Não é fácil viver esta regra, mas ela é universal.

Segundo, reconheço que exista o entendimento de “normal”,  “moral” e  “aceitável”, por isso digo que o respeito. Mas salvo nas estatísticas e em algumas poucas religiões (não a sua), estes conceitos variam de pessoa para pessoa, de cultura para cultura e variam também ao longo do tempo.

Estamos assistindo à histórica mudança de alguns destes conceitos; algumas parecem estar indo rápido demais e outros estão apenas sendo propostos. Nos últimos 15 anos o direito à união de pessoas do mesmo sexo tem sido uma vitória da tolerância e do amor. Mesmo que, num primeiro momento, possa parecer difícil ou até mesmo chocante para muitas pessoas. É importante que aceitemos o tempo de cada um.

Não fique abatido e celebre a mudança, ela foi pensada por pessoas de todas as denominações.

O amor se manifestando de forma universal é #fatobom.

Assista o vídeo aqui,  para ler mais vá em Slate.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s