VÍdeodiCionárIO

Redenção e Reflexão: evite ser idiota, aproveite esta conversa frente ao espelho.

Postado em Atualizado em

seta-do-tempo

Na boa e velha estrada do tempo a redenção fica quilômetros após a consequência por vezes desastrosa de um ato. Refletir leva a redenção mas não repara a consequência, em outras palavras o caminho para a redenção tem por parada obrigatória a consequência. Não seria bom que a reflexão alterasse atos ainda não realizados?

O projeto mostrado em vídeo parece encontrar um atalho, uma forma de ligar o futuro ao presente e fazer o indivíduo do presente refletir com a redenção de seu amanhã, colocando frente a frente o potencial praticante de um ato com quem já se redimiu ou ao menos está se redimindo.

Este projeto deu uma oportunidade de se enxergar no espelho o possível resultado do risco que se assume. Trazendo a consequência para o tempo presente, o projeto parece sensibilizar o indivíduo afetando positivamente sua decisão.

E você? Já repensou?

 

 

Dicionário Audiovisual – Altruismo

Vídeo Postado em Atualizado em

image

Não há nada errado em esperar algo em troca, seja do outro, seja da vida. O que você vem esperando? Quanto maior a espectativa maior a decepção quando o que se espera é retribuição.

O homem retratado no vídeo recebe de volta muito mais do que poderia esperar.

Genial e emocionante campanha da uma seguradora tailandesa Thai Life Insurance.

Altruismo é isto, agir pensando no bem do outro. Altruismo na dose certa é #fatobom.

Clique na foto ou no link a seguir para assistir o vídeo.

Dicionário Audiovisual – Ganância

Postado em Atualizado em

“Não há limites para a estupidez humana”. Ela já foi tipificada em vícios e até pecados. Independente da religião, a ganância é um vício humano que trás consequências graves, como as externalidades do consumismo desenfreado (ver “De onde veio?“).

Não é tão simples definir vícios, até porque eles geralmente são extremos de uma virtude correspondente, podendo ser analisados como a total ausência de tal virtude. Generalizando, o vício e a virtude são opostos, salvo para quem concorde com Aristóteles que a virtude está no meio. O caminho virtuoso está no equilíbrio entre seus vícios e virtudes, e não se engane, não há ser humano totalmente livre de vícios, por mais que o indivíduo busque sê-lo (não entrarei aqui nesta discussão).

A estupidez pode ser vista como o oposto da racionalidade. “O homem é animal racional”. Se não fosse também irracional ou emocional ou intuitivo, então talvez não fosse tão criativo. O homem é um ser complexo e deve ser celebrado em sua totalidade.

#Fatobom  perceber que também não há limites para criatividade humana. A tecnologia e as técnicas são resultado da criatividade e inventividade humana,  levando a inovações como o cinema e até a internet.  Mas a criatividade humana é tão mais poderosa que ela é capaz de criar conteúdo e conhecimento.

Celebrando a criatividade, cinema e Internet, que possibilitaram o vídeo que recebi hoje, inauguramos a categoria “VÍdeodiCionárIO“. O primeiro vídeo, traz a imagem da “ganância”.