saúde

Humor Azul

Postado em Atualizado em

Tem muito a se falar sobre o livro Humor Azul (Rodrigo Tramonte), os Artistas Autistas e o projeto Autonomia.

Para adiantar digo que são #fatobom e merecem ser pesquisados, divulgados e convidados. Não quis perder o momento da alegria de conhecê-los e fiz um texto curto, muito aquém do que merecem.

Conheçam vocês também, patrocinem, lancem, divulguem.

image

Veja a programação de lançamentos, convide para lançar em sua cidade!

Leia o resto deste post »

O amor vencendo a mutilação feminina

Postado em Atualizado em

image

No dia 9 de junho de 2015, a Nigéria marcou sua história ao se converter no 23º país africano a proibir a mutilação do clitóris das meninas. É uma notícia muito importante para quem luta contra este ato, já que a Nigéria é o país mais populoso da África, onde se estima uma população de 20 milhões de mulheres e meninas, aproximadamente.

É uma medida muito importante para erradicar por completo esta situação, que infelizmente ainda é praticada em 29 países da África e da Ásia.

Leia mais em: http://melhorcomsaude.com/otima-noticia-nigeria-proibe-mutilacao-genital-das-meninas/

O que você vai ser quando envelhecer?

Postado em Atualizado em

O documentário “Envelecência” nos faz repensar a velhice e nos conta a história de jovens de mais de 60 anos,  que surfam, lutam, saltam de paraquedas,  correm maratonas, fazem tatuagem, etc. E você? Envelheceu antes da hora? Está na hora de lembrar que ainda tem muito a viver!

Seu futuro é seu

Postado em

Tyrese Gibson, um ator improvável, compartilha em vídeos suas lições de vida e esperança.

Saber que mudando a atitude mental você consegue alterar o seu entorno é #fatobom!

Cabeleireiro muda a vida de crianças com cancêr

Postado em

20141117103009766376e
Alexandra Munoz de 5 anos Foto: Rodrigo Garrido/Reuters

Um dos efeitos colaterais da luta contra o câncer é a queda de cabelos. Nos adultos já abala a autoestima de alguns pacientes, nas crianças o efeito pode ser mais devastador ainda.

Marcelo Avatte, cabeleireiro em Santiago no Chile, sentiu na pele o problema quando seu filho perdeu o cabelo durante sessões de quimioterapia em 2009.

Desde então iniciou um projeto que já doou mais de 300 perucas para crianças e adolescentes em hospitais de Santiago. Marcelo usa o salão e a própria casa para a confecção das perucas.

Fonte: Correio Braziliense

Diagnóstico precoce do Alzheimer

Postado em Atualizado em

FOTO: WIKIMEDIA COMMONS
FOTO: WIKIMEDIA COMMONS

Cientistas do Centro Japonês de Geriátricos e Gerontologia em parceria com a Shimadzu (em português), liderados por Koichi Tanaka (em inglês), ganhador do Prêmio Nobel de Química em 2002, confirmaram a eficácia de uma nova técnica para o diagnóstico do Alzheimer em estágios iniciais.

Leia o resto deste post »

Novembro Azul

Postado em

Testeira_Facebook

Novembro é o Mês Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. Em 2014 serão diagnosticados 69 mil novos casos de câncer de próstata. Se descoberta precocemente a doença tem 90% de chances de cura.

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas, e se assemelha a uma castanha. Ela localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.

No Brasil, é o segundo tipo de câncer mais frequente em homens, após os tumores de pele. Acontece quando as células deste órgão começam a se multiplicar de forma desordenada. A doença pode demorar a se manifestar, exigindo exames preventivos constantes para não ser descoberta em estágio avançado e potencialmente fatal.

Na fase inicial, ele não apresenta sintomas, e quando os sinais começam, quase 95% dos tumores já se apresentam avançados, sendo muito difícil a cura.

Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 50 anos, ou dos 45, se houver histórico familiar, devem ir anualmente ao urologista para realizar o toque retal e fazerem o exame de PSA no sangue. 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal.

Sintomas na fase avançada:

  • Dor óssea
  • Sintomas urinários
  • Queda do estado geral
  • Insuficiência renal
  • Dores Fortes

Fatores de risco:

  • Idade (cerca de 62% dos casos são de homens a partir dos 65 anos)
  • Histórico familiar
  • Raça (maior incidência entre os negros)
  • Alimentação inadequada, à base de gordura animal e deficiente em frutas, verduras, legumes e grãos
  • Sedentarismo
  • Obesidade

Saiba mais na página do Novembro Azul.